A Cruz de Ferro (1968)

Produção Rodagem: 1965-1967

N/C

149 min

Drama  

Realização:  ·  Jorge Brum do Canto

Argumento:  ·  Jorge Brum do Canto  ·  Fernando Fragoso

Trás-os-Montes. O conflito entre os clãs de duas aldeias vizinhas - os pastores de S. Damião e os camponeses do Valado, cuja irrigação de terras depende da água dos primeiros, através dum tributo em géneros alimentícios - surgido quando as regras de preconceitos, que impediam o casamento comum, são desafiadas por um caso de amor, em cujas consequências se joga a própria sobrevivência...
[Fonte: José de Matos-Cruz, O Cais do Olhar, 1999, p.135]

[Um dos últimos filmes de Jorge Brum do Canto cuja primeira obra foi estreada em 1929 e na qual detém um dos papeis principais. Tal como em muitos outros filmes do realizador, a acção de A Cruz de Ferro passa-se no campo e desenvolve o conflito de duas aldeias vizinhas que lutam entre si pela posse da água que irriga as suas terras. Acácio de Almeida, um dos mais conceituados directores de fotografia portugueses da actualidade, participa no filme como assistente de imagem.
[Fonte: Madragoa Filmes]

Equipa

Entidades [#3]:
  • Tobis Portuguesa · Estúdios
  • Tobis Portuguesa · Laboratório de Imagem
  • Doperfilme · Distribuição
Exteriores [#2]:
    Trás-os-Montes | Castro Laboreiro |
Estreias [#1]:
  • 1968-03-08 | Roma, Lisboa | Estreia
Imagens [#4]:
  • ...

  • ...

  • ...

Dados Técnicos:
P/B e Cor | Mono | 35 mm |

Outras informações:
Festivais e Prémios:
# 1967 - Grande Prémio do SNI
# 1967 - Prémios do SNI ao Melhor Argumento Adaptado (Jorge Brum do Canto e Fernando Fragoso); à Melhor Actriz e ao Melhor Actor (Cremilda Gil e Octávio de Matos)
# 1967 - Prémio João Ortigão Ramos
# 1967 - Prémios Plateia ao Melhor Filme, e ao Melhor Actor (Octávio de Matos)

  • 201709111039_cinept_licenciatura_em_cinema_260_260
  • PUB