Ferreira de Castro



Nome completo: José Maria Ferreira de Castro

Nasceu: 1898-05-24 · Morreu: 1974-06-29

Local de nascimento: Ossela, Oliveira de Azeméis
Local de óbito: Porto
Nacionalidade: Português
Sítio internet: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ferreira_de_Castro#Obras
Dados adicionais:

Escritor
Aos doze anos de idade emigrou para o Brasil, onde viria a publicar o seu primeiro romance Criminoso por ambição, em 1916.
Durante quatro anos viveu no seringal Paraíso, em plena selva amazónica, junto à margem do rio Madeira. Depois de partir do seringal Paraíso, viveu em precárias condições, tendo de recorrer a trabalhos como, colar cartazes, embarcadiço em navios do Amazonas etc.
Mais tarde, em Portugal, foi redactor do jornal O Século, director do jornal O Diabo e colaborador das revistas O domingo ilustrado (1925-1927) e Ilustração (iniciada em 1926). Ao serviço do jornal de Pereira da Rosa, assinou crónicas vibrantes, como o dia em que se deixou prender no Limoeiro para testemunhar a vida dos reclusos nas cadeias portuguesas ou a sua entrevista exclusiva em Dublin com Eamon de Valera, líder do Sinn Fein em 1930.
Emigrante, homem do jornalismo, mas sobretudo ficcionista, é hoje em dia, ainda, um dos autores com maior obra traduzida em todo o mundo, podendo-se incluir a sua obra na categoria de literatura universal moderna, precursora do neo-realismo, de escrita caracteristicamente identificada com a intervenção social e ideológica.
[Fonte: Wikipedia]

Participações [#4]

  • 201709111039_cinept_licenciatura_em_cinema_260_260
  • PUB