A Uma Hora Incerta (2015)

At An Uncertain Time

N/C

72 min

Drama  

Realização:  ·  Carlos Saboga

Argumento:  ·  Carlos Saboga

1942. No Portugal salazarista, dois refugiados franceses, Boris e Laura, são presos. O inspector Vargas, sentindo-se atraído pela jovem mulher, decide escondê-los em sua casa: um hotel vazio onde vive com a filha, Ilda, e a mulher, gravemente doente. Ilda descobre a presença dos refugiados e, consumida pelo ciúme, tenta fazê-los desaparecer a todo o custo…

"1942. As tropas de Rommel conquistam Tobruk fazendo 25 000 prisioneiros. A frota japonesa é derrotada pelas forças americanas na batalha de Midway. Guadalcanal cai nas mãos dos japoneses. Mais de 12 000 judeus são presos em Paris. Outros 300 000 são deportados do gueto de Varsóvia para os campos da morte de Belsec e Treblinka. Inicia a batalha de Estalingrado. Nascem Paul McCartney, Cassius Clay, José Cid, Muamar Kadhafi, Martin Scorsese, Eusébio e Jimi Hendrix. Morrem Stefan Zweig, Carole Lombard, Miguel Hernandez, John Barrymore e Reinhard Heydrich.
Em Portugal, um movimento de greves em Lisboa, é rapidamente reprimido pelas forças da ordem. Morre no campo de concentração do Tarrafal o dirigente comunista Bento Gonçalves. Nos cinemas da capital, estreiam-se Casablanca, A Família Miniver, Aniki Bóbó e Bambi.
Na Baixa lisboeta, invadida por refugiados de toda a Europa, a PVDE, antepassada da PIDE/DGS, apreende para averiguações dois franceses, LAURA e BORIS, aparentemente irmãos, cujos passaportes parecem suspeitos.
Mal a vê, o inspector VARGAS é irresistivelmente atraído pela jovem francesa. Obedecendo a uma pulsão irreprimível, com o pretexto de os ajudar a sair do país, sequestra os dois refugiados no anexo do hotel pertencente à mulher, que se encontra provisoriamente encerrado devido à doença da proprietária.
No hotel deserto, entre móveis protegidos por lençóis espectrais e portas fechadas sobre quartos vazios, vivem, além de VARGAS e da mulher, a filha de ambos, ILDA, e a última criada que lhes resta, DEOLINDA.
Só o reboar da circulação lá fora, o buzinar dos automobilistas, o campainhar dos eléctricos, únicos sinais do mundo exterior, quebram o silêncio reinante. Farrapos esporádicos da coluna sonora dos filmes projectados no cinema contíguo ao hotel ressoam também, absurdamente, nos aposentos desertos. De tanto, em tanto, ouve-se o eco longínquo da guerra trazido pelo som das actualidades cinematográficas que completam o programa.
ILDA não tarda a adivinhar a presença dos franceses. A curiosidade leva-a a forçar DEOLINDA a revelar-lhe o esconderijo dos dois refugiados, e a relação possessiva, e ambígua, que mantém com o pai, fá-la imediatamente suspeitar uma ligação entre ele e LAURA. A suspeita torna-se certeza ao aperceber-se que VARGAS esconde um passaporte com a sua fotografia, mas sob um falso nome, e o rascunho de uma carta de pedido de demissão da polícia. Conclui que ele se prepara a fugir com a francesa, abandonando-a a ela e à mãe, que a doença reduziu a um ectoplasma. Sem hesitação, decide impedir que isso aconteça custe o que custar.
Paralelamente, um outro agente da polícia, JASMIM, convencido que VARGAS esconde os dois franceses por razões puramente mercantis, tenta forçar a criada, DEOLINDA, a revelar-lhe o esconderijo deles com a intenção de obter a parte que, segundo ele, lhe toca na suposta transacção.
Roída pelo ciúme, ILDA procura por todos os meios impedir a realização do projecto que ela atribui ao pai. Não obtendo êxito, em desespero de causa, resolve denunciar a presença dos franceses a JASMIM precipitando um desfecho cujo controle lhe escapa, provocando a morte de DEOLINDA e de JASMIM, mas obtendo, como era seu objectivo, a desaparição dos franceses para ficar enfim sozinha com o pai."
[Fonte: Leopardo Filmes]

[1942, Portugal. In a country ruled by dictator António de Oliveira Salazar, two French refugees, Boris and Laura, are arrested. Inspector Vargas is instantly attracted to the young woman and decides to hide both refugees in his house, an empty hotel where he lives with his daughter Ilda and his gravely ill wife. Ilda then discovers the presence of the refugees and, consumed by jealousy, she will try to make them disappear at any cost…]

Mais informações: Website externo

Videos [#2]:
  • [Trailer]
  • [Trailer]
Equipa

Estreias [#1]:
  • 2015-10-15 | Portugal | Estreia
Imagens [#5]:
  • ...

  • ...

  • ...

  • ...

Outras informações:
Co-produção Portugal-França

Festivais e Prémios:
# 2015 - Viennale, Festival Internacional de Cinema de Viena - Selecção Oficial

  • 201709111039_cinept_mestrado_em_cinema_260_260
  • PUB