Longe é a Cidade (1981)

Far is the City

Produção Rodagem: 1979/1980

N/C

100 min

Documentário   Telefilme   Série  

Realização:  ·  Ricardo Costa

Argumento:  ·  Ricardo Costa

Em Moimenta ainda há jovens. Antiquíssimas tradições fazem com que iniciativas modernas funcionem do mesmo modo, tal como a criação de uma pedreira comunitária, que bastante contribui para a independência económica da aldeia. Outros partem para sempre.
[Fonte: website pessoal de Ricardo Costa]
Através de três episódios - 1 - "Masculino e Feminino", 2 - "Do Granito da Montanha", 3 - "Das Raízes da Cidade" - retratam-se situações características e surpreendentes de Moimenta, uma aldeia do Nordeste transmontano, rica em hábitos comunitários primitivos. Em contraste, tendências, influências e opções de vida social moderna, que obriga homens e mulheres, jovens em geral, a uma espécie de "salto mortal", segundo percurso contraditório e degradante.
[Fonte: José de Matos-Cruz, O Cais do Olhar, 1999, p.200]

[In Moimenta there are still young people. Old systems make the new ones work on the same principle, like the creation of a communal quarry which considerably helps the economic independence of the villagers. Some decide to leave forever.
[Source: Ricardo Costa]

Mais informações: Website externo

Equipa

Entidades [#3]:
  • Tobis Portuguesa · Laboratório de Imagem
  • RTP · Registo de Som
  • Diafilme · Distribuição
Exteriores [#2]:
    Trás-os-Montes | Moimenta |
Estreias [#2]:
  • 1981-09-09 | Festival de Cinema da Figueira da Foz | Ante-Estreia
  • 1982-05-24 | RTP1 | Estreia

Dados Técnicos:
Cor | Mono | 16 mm | 1.33:1 |

Outras informações:
Pertence à série "O Homem Montanhês", um conjunto de quatro longas-metragens sobre a vida na montanha:
"Castro Laboreiro", filmado na freguesia de Castro Laboreiro, em 1979;
"Pitões, Aldeia do Barroso", filmado em Pitões das Júnias, 1979;
"Longe é a Cidade", filmado na Moimenta (Vinhais), de 1981;
"Ao Fundo desta Estrada", filmado em Videmonte, na Serra da Estrela em 1981.
Qualquer um destes quatro filmes de Ricardo Costa ilustra o gosto pela prática da antropologia visual, característica do documentário português do Novo Cinema, com recurso às técnicas do cinema directo.
[Fonte: Wikipedia]

  • 201709111039_cinept_licenciatura_em_cinema_260_260
  • PUB