Pitões, Aldeia do Barroso (1979)

A Mountain Village

N/C

90 min

Documentário  

Realização:  ·  Ricardo Costa

Argumento:  ·  Ricardo Costa

Nesta aldeia comunitária, hábitos e tradições ancestrais são ainda suficientemente fortes para atraír velhos emigrantes que regressam ao seu "paraíso perdido".
«Protegida dos ventos agrestes da montanha, num vale verdejante das serranias do Barroso, em Trás-os-Montes, Pitões das Júnias é uma das aldeias comunitárias do norte de Portugal em que se encontram ainda activos os sistemas de inter-ajuda, de gestão e exploração colectiva do património: o concelho da aldeia, o forno do pão, o rebanho, a vezeira, o boi do povo.
Na velha povoação, talhada em granito, há os que lá sempre viveram e outros: velhos emigrantes que correram o mundo, que fizeram a vida toda lá fora, mas que resolveram passar os seus últimos dias na terra onde nasceram. Aqui deixaram amigos, filhos e netos, com quem agora se entretêm a contar histórias, a falar da vida. E na aldeia já há crianças letradas, que se deixam seduzir e se metem na história.
Sobreviver é saber viver com a violência: matar e esfolar um cabrito, por exemplo, ou com aquela violência, mais eloquente, de uma luta de gigantes, como a dos bois da aldeia. Impressiona. Condiz com o sorriso franco do Senhor Embaixador dos E.U.A., que aqui veio de visita. De situação em situação, de instantâneo em instantâneo, traça-se um retrato do quotidiano, de momentos únicos, seculares, mais antigos que o rosto dos homens que aqui vivem: homens receosos, ameaçados nas suas precárias riquezas, desvanecendo-se no espelho. Vivos, a viver num tempo que se esvai serenamente, como as águas límpidas do ribeiro. Deles só ficará o retrato».
[Fonte: Diafilme]

[In this old communal village old traditions and life styles are still strong enough to make old emigrants return to their "paradise lost".
[Source: Ricardo Costa]

Equipa

Entidades [#3]:
  • Tobis Portuguesa · Laboratório de Imagem
  • RTP · Laboratório de Som
  • Diafilme · Distribuição
Estreias [#2]:
  • 1979-10-16 | RTP2 | Apresentação
  • 1980-11-05 | Teatro Rosa Damasceno, Santarém | Estreia

Dados Técnicos:
Cor | Mono | 16 mm | 1.33 : 1 |

Outras informações:
Pertence à série "O Homem Montanhês", um conjunto de quatro longas-metragens sobre a vida na montanha:
"Castro Laboreiro", filmado na freguesia de Castro Laboreiro, em 1979;
"Pitões, Aldeia do Barroso", filmado em Pitões das Júnias, 1979;
"Longe é a Cidade", filmado na Moimenta (Vinhais), de 1981;
"Ao Fundo desta Estrada", filmado em Videmonte, na Serra da Estrela em 1981.
Qualquer um destes quatro filmes ilustra o gosto pela prática da antropologia visual, característica do documentário português do Novo Cinema, com recurso às técnicas do cinema directo.
[Fonte: Wikipedia]

Festivais e Prémios:
# 1980 - 10º Festival de Cinema de Santarém - Prémio Cidade de Santarém
# 1981 - 10º Festival Internacional de Cinema da Figueira da Foz

  • 201709111039_cinept_licenciatura_em_cinema_260_260
  • PUB