O Táxi 9297 (1927)

Produção Rodagem: 1927

N/C

80 min

Policial  

Realização:  ·  Reinaldo Ferreira

Argumento:  ·  Reinaldo Ferreira

O tenente Hair, adido militar americano, é convidado pelo extravagante milionário Horácio de Azevedo, a passar uns dias na sua propriedade de Bretolho. Toma um táxi com a matrícula 9297, no qual mataram um ano atrás, em circunstâncias misteriosas, a actriz Raquel de Monteverde...
[Fonte: José de Matos-Cruz, O Cais do Olhar, 1999, p.38]

Mais informações: Website externo

Videos [#1]:
  • [Filme Completo]
Equipa

Entidades [#3]:
  • Invicta Film · Estúdios
  • Invicta Film · Laboratório de Imagem
  • Companhia Cinematográfica de Portugal · Distribuição
Exteriores [#1]:
    Porto |
Estreias [#3]:
  • 1927-07-09 | Batalha, Porto | Estreia
  • 1927-07-09 | Trindade, Porto | Estreia
  • 1927-07-30 | Salão Foz, Olympia - Lisboa | Estreia

Dados Técnicos:
P/B | sem som | 35 mm |

Outras informações:
Sobre o misterioso assassinato da actriz Maria Alves.

Editado em DVD pela Cinemateca Portuguesa em 2018
O TÁXI N.º 9297, de Reinaldo Ferreira (o célebre jornalista português do início do século XX que assinava as peças como Repórter X), é a mais recente edição em DVD da Cinemateca, com lançamento no próximo dia 12 de julho às 18h30, na livraria Linha de Sombra, com a presença de Ricardo Vieira de Lisboa (autor do video-ensaio sobre Reinaldo Ferreira que acompanha o DVD) e de Tiago Baptista, diretor do ANIM. Realizado em 1927, O TÁXI N.º 9297 foi um dos títulos da efémera produtora Repórter X Film, para a qual Reinaldo Ferreira escreveu e realizou vários filmes. Inspirado pelos serials de mistério europeus e americanos, o filme dramatiza um caso que abalou o país e que Ferreira investigara em várias reportagens: o homicídio da atriz Maria Alves pelo seu empresário Augusto Gomes. Um documento singular sobre a sociedade e a cultura portuguesas nos anos 1920, O TÁXI N.º 9297 é o terceiro título da linha de edição de cinema mudo português da Cinemateca.
Como complementos, esta edição inclui a curta-metragem cómica RITA OU RITO?..., de Reinaldo Ferreira (1927), e o ensaio audiovisual OS MOTIVOS DE REINALDO, de Ricardo Vieira Lisboa, sobre os filmes do Repórter X, bem como uma brochura ilustrada de 76 páginas com textos em Português e Inglês. Todos os filmes têm acompanhamentos musicais ao piano inéditos compostos e interpretados por Filipe Raposo propositadamente para esta edição.
[Fonte: Cinemateca]

  • 201709111039_cinept_mestrado_em_cinema_260_260
  • PUB