José Lopes



Local de nascimento: (?) - 1958
Local de óbito: Sintra - Dez. 2019
Nacionalidade: Português
Dados adicionais:

Actor
Começou a sua carreira artística ainda jovem, tendo entrado em peças como “Os Negros”, “Vida e Morte de Bamba” ou “Epopeia de Gilgamesh”. Chegou a colaborar com o ator e encenador Luís Miguel Cintra como professor na Escola Superior de Teatro e Cinema e participou em filmes independentes como “Adeus Lisboa”, “Interrogatório” ou “Longe”.
[Fonte: Observador]

José Lopes (1958-2019) foi um ator raro e de percurso invulgar. Formado em Antropologia, cedo lhe preferiu o teatro, e trabalhou com Rogério de Carvalho, Adolfo Gutkin ou Luis Miguel Cintra. Encenou e interpretou a peça Eu, de Antonin Artaud, e teve funções de docência da disciplina de direção de atores na Escola Superior de Teatro e Cinema. Homem generoso, cinéfilo apaixonado (durante muito tempo foi espectador assíduo das sessões da Cinemateca), nos últimos anos deu muito de si a um grupo de jovens cineastas, cujos filmes protagonizou, filmes que, nalguns casos, eram construídos à sua medida, como ofertas a retribuírem a generosidade e genuinidade com que José Lopes se entregava a tudo aquilo em que acreditava.
[Fonte: Cinemateca]

  • 201709111039_cinept_mestrado_em_cinema_260_260
  • PUB