Alberto Seixas Santos



Nome completo: Alberto Jorge Seixas dos Santos

Nasceu: 1936-03-20 · Morreu: 2016-12-10

Local de nascimento: Lisboa
Local de óbito: Lisboa
Nacionalidade: Português
Dados adicionais:

Realizador
Frequentou até ao quarto ano o curso de Histórico-Filosóficas da Faculdade de Letras.
Cineclubista, fundou o ABC-Cineclube de Lisboa.
Crítico de cinema nas revistas Imagem e Seara Nova, nos jornais Diário de Lisboa e Diário Popular e, a partir do final da década de 60, foi redactor do Jornal de Letras e Artes.
No início dos anos 60, vendo filmes e estudando cinema como alguns dos seus colegas de geração, andou por Paris, pela Cinemateca e pela Sorbonne, por Londres e pela London School of Film Technics,
Em 1968 realiza "A Arte e o Ofício de Ourives", a sua primeira curta-metragem, mas só em 1974 estreia o seu primeiro filme de longa-metragem - Brandos Costumes.
Esteve ligado à criação da Escola de Cinema do Conservatório onde foi professor e director.
Foi presidente do Instituto Português de Cinema - IPC.
Foi director de programas da RTP na primeira metade dos anos 80, tendo abandonado o cargo em 1986.
Em 2003, como encenador de teatro na Sala de Ensaios do T. Taborda, dirigiu Sofia Aparício no monólogo "O Caracol", de Judith Herzberg.

  • 201709111039_cinept_mestrado_em_cinema_260_260
  • PUB