Meu Pai, Humberto Delgado (2006)

52 min

Documentário  

Realização:  ·  Francisco Manso

Argumento:  ·  Frederico Rosa

Na aldeia de Villanueva del Fresno, a 8 kms da fronteira de Espanha com Portugal, existe um caminho chamado De Los Malos Pasos ou caminho dos maus passos.
Esse local ermo e esquecido da Extremadura espanhola entrou abruptamente para a História em 13 de Fevereiro de 1965.
Nesse frio dia de Inverno, as balas da PIDE, a temível polícia política do ditador português Salazar, assassinaram aquele a quem todos chamavam General Sem Medo.
O General português Humberto Delgado foi o principal opositor à ditadura de Salazar, a mais longa ditadura da Europa no século XX e o seu nome permanece como símbolo da luta pela liberdade, ocupando um lugar especial no imaginário de sucessivas gerações. Em todas as cidades, vilas e aldeias de Portugal existe uma praça, uma avenida ou uma rua General Humberto Delgado.
A mais alta homenagem prestada a esse herói do povo foi a trasladação dos Seus restos mortais para o Panteão Nacional, em 5 de Outubro de 1990, e a sua elevação a Marechal da Força Aérea, a título póstumo.
Mas por detrás do mito e da solenidade do Panteão Nacional, quem era Humberto Delgado, o homem?
Os depoimentos de Iva Delgado ajudam-nos a esclarecer.
[Fonte: RTP]

Equipa

  • 201709111039_cinept_licenciatura_em_cinema_260_260
  • PUB