Cacheu (2012)

10m 20s

Curta-metragem   Experimental  

Realização:  ·  Filipa César

Argumento:  ·  Filipa César

Em “Cacheu”, Filipa César aplica mais uma vez a técnica cinematográfica do plano-sequência, ao usar um único plano – utilizando uma única bobine de 16mm – sem edição.
Neste filme, a montagem é um processo que acontece antes da rodagem, para que a imagem produzida seja o resultado de uma colagem performativa entre texto, atuação, imagem projetada e o enquadramento do câmara e diretor de fotografia, Matthias Biber.
Uma palestra, apresentada por Joana Barrios, relaciona elementos da investigação de César sobre quatro estátuas coloniais, que estão hoje armazenadas num dos primeiros locais de comércio de escravos na Guiné-Bissau, uma país da África Ocidental – a fortaleza de Cacheu, construída pelos portugueses em 1588.
A palestra analisa os diferentes contextos onde as estátuas estiveram, representando, por isso, diferentes conflitos simbólicos: num pedestal durante o colonialismo português; destronadas e destruídas pelo chão, depois da independência, no filme Sans Soleil de Chris Marker; como fundo numa cena de Mortu Nega, de Flora Gomes; e finalmente exibidas na fortaleza de Cacheu.
Este filme foi rodado como uma performance no contexto do congresso What Happened 2081 programado por Georg Diez e Christopher Roth, no dia 24 de março de 2012 em Kunst-Werke, Berlim.

[In “Cacheu”, Filipa César once again applies the economic technique of using a single shot – letting a 16mm film roll to the end – without editing. Here, the montage is a process that takes place before shooting, so that the image produced is the result of a performative assemblage between text, acting, projected image and framing by the cameraman and director of photography, Matthias Biber. A lecture, performed by Joana Barrios, brings together elements of César’s research on four colonial statues, which are stored today at one of the first establishment for slave trade in the West African country of Guinea Bissau – the Cacheu fortresses, constructed by the Portuguese in 1588. The lecture traces back through moments where these statues stood of symbolic conflicts while inhabiting different contexts: on a pedestal during Portuguese colonialism, dethroned and broken in pieces on the ground after Independence in the film Sans Soleil by Chris Marker, as a background scene in Mortu Nega by Flora Gomes, and finally displayed at the Cacheu fortress. This film was shot as a performance in the context of the congress What Happened 2081 programmed by Georg Diez and Christopher Roth, on the 24th of March 2012 the Kunst-Werke, Berlin.]

Equipa

Imagens [#3]:
  • ...

  • ...

Dados Técnicos:
Cor | Vídeo |

Outras informações:
Festivais e Prémios:
# 2012 - Curtas Vila do Conde, Competição Nacional ;
# 2013 - 43º International Film Festival Rotterdam, Guimarães: Rocking The Cradle

  • 201709111039_cinept_licenciatura_em_cinema_260_260
  • PUB