Chamo-me António da Cunha Telles (2010)

52 min

Documentário  

Realização:  ·  Álvaro Romão

Argumento:  ·  Álvaro Romão

António da Cunha Telles é uma personagem incontornável dos últimos 50 anos do cinema português.
Enquanto produtor, esteve na origem do Cinema Novo ao produzir «Verdes Anos» de Paulo Rocha, «Belarmino» de Fernando Lopes e «Domingo à Tarde» de António de Macedo. Como realizador deu-lhe um segundo fôlego com «O Cerco». Como distribuidor trouxe «Ivan, O Terrível» e «O Couraçado Potemkin» de Sergei Eisenstein.
Como exibidor mostrou-nos «Deus, Pátria, Autoridade» de Rui Simões e «O Sal da Terra» de Herbert J. Biberman.
Mas António considera-se mais realizador que qualquer outra coisa.
Com uma filmografia escassa e desigual, os seus filmes têm sido, contudo, um reflexo do tempo em que foram feitos, mostrando que António da Cunha Telles é, acima de tudo, um atento espectador, não só de filmes, como da vida.
[Fonte: RTP]

Mais informações: Website externo

Videos [#1]:
  • [Trailer]
Equipa

Imagens [#3]:
  • ...

  • ...

Dados Técnicos:
Cor e P/B |

  • 201709111039_cinept_licenciatura_em_cinema_260_260
  • PUB