Querença (2004)

90 min

Drama  

Realização:  ·  Edgar Feldman

Argumento:  ·  Fernando Correia da Silva

Em meados de Setembro de 1992 a jornalista Guida Fontes terá de ir a Luanda fazer a cobertura das eleições angolanas. Entretanto comprometera-se a descobrir e entrevistar o poeta Júlio Vera. Este, em 1988, escrevera uma série de poemas em que antecipara, misteriosamente, a queda da URSS.
Guida dispõe apenas de 12 dias para levar a bom termo a missão. Acaba por localizar o poeta num velho e vasto andar, ao Chafariz de Dentro, com vista sobre o Tejo. Precisamente a mesma casa onde passara a sua infância, declara Júlio. A ela retornara para melhor recapitular isto e aquilo, o sim e o não de cinco excepcionais bifurcações da sua vida. O Y, a Grande Fisga, como diz. Por inexplicável ubiquidade, por cinco vezes teria conseguido trilhar, em simultâneo, os dois caminhos divergentes. Consequência: várias vidas alternativas, algumas até com incidentes no futuro próximo... Donde a intermitência das premonições.
Toda a acção se articula segundo este eixo de «realidade» e ficção. Com efeito, uma vez aceite o pedido de entrevista feito por Guida Fonrtes ao poeta Júlio Vera, este vai progressivamente construindo dentro do seu discurso duas tramas narrativas que à partida parecem distintas e autónomas, mas que rapidamente se confundem.
[Sinopse Oficial]

Equipa

Dados Técnicos:
35 mm |

  • 201709111039_cinept_mestrado_em_cinema_260_260
  • PUB