Regresso à Terra do Sol (1967)

N/C

21 min

Documentário   Curta-metragem  

Realização:  ·  José Fonseca e Costa

Em "Regresso à Terra do Sol", Fonseca e Costa regressa a Angola, onde nasceu, e realiza o que é tido pelo primeiro filme anticolonial do cinema português.

"Regresso à Terra do Sol" deveria ser só uma celebração, modernista, da nova sede do Banco Comercial de Angola, em Luanda. Com esta curta-metragem José Fonseca e Costa quis, porém, fazer “o percurso entre o passado e o presente, ao ritmo da memória”. O Concerto de Aranjuez dá ritmo à evocação da “cidade europeia nos trópicos, flor artificial numa das mais belas baías da costa de África” enquanto o merengue serve de fundo à fixação da vida, de trabalho, dos homens e mulheres da terra do sol. Terá sido por esses “instantâneos” e devido ao olhar – um olhar em que há, finalmente, cinema – que foi retirada do Monumental, logo após a estreia?"
[Fonte: Buala.org]

[A realistic view of street scenes of Luanda, with no racial segregation, and just a hint of the colonial war by the presence of some soldiers in the esplanades. Some historic monuments, the grandeur of nature, the calm bay on the coast to the magnificent waterfalls in the interior are a silent appeal to peace and tourism. The contrast of a past grandeur and some buildings in decay is made more sharp with the lavish skyscraper facade and busy interior of a modern bank headquarters.]

Mais informações: Website externo

Equipa

Exteriores [#1]:
    Luanda |
Estreias [#1]:
  • 1967-05-29 | Monumental | Estreia
Imagens [#3]:
  • ...

  • ...

Dados Técnicos:
Cor | Mono | 35 mm | 1.33:1 |

Outras informações:
Estreado no Monumental, ao fim de uns dias de exibição, foi retirado por ordem da Inspecção Geral dos Espectáculos

  • 201709111039_cinept_mestrado_em_cinema_260_260
  • PUB