Grande, Grande Era a Cidade (1972)

Produção Rodagem: 1971

N/C

60 min

Drama  

Realização:  ·  Rogério Ceitil

Argumento:  ·  Rogério Ceitil

Nuno e António, jovens originários da mesma aldeia, vão para Lisboa tentar a sua sorte. Vivem na mesma casa e, após o trabalho, Nuno estuda, enquanto António, mais velho e tendo "feito" a guerra em África, lhe assevera que o modo ideal de vencer na vida é à custa das mulheres. Entretanto, Nuno apaixona-se por Madalena, uma amiga de António - que, apreensivo com a ingenuidade do amigo, lhe diz que ela foi a primeira de quem recebeu dinheiro, numa altura em que andava com um velho. Indignado, Nuno grita-lhe a pureza de Madalena, acabando por sair de casa - sem rumo pelas ruas, de mala na mão...
[Fonte: José de Matos-Cruz, O Cais do Olhar, 1999, p.145]

Equipa

Entidades [#5]:
  • Ulyssea Filme · Laboratório de Imagem
  • Serviços Cinematográficos do Exército · Laboratório de Imagem
  • Valentim de Carvalho · Registo de Som
  • Animatógrafo · Distribuição
  • Vitória Filme · Distribuição
Exteriores [#1]:
    Lisboa |
Estreias [#1]:
  • 1972-10-25 | Mseu Distrital - II Festival de Cinema de Santarém | Apresentação

Dados Técnicos:
P/B | Mono | 16 mm | 1.33 : 1 |

Outras informações:
Interdito pela Censura, após a apresentação de Santarém, em 1972.
Festivais e Prémios:
# 1972 - II Festival de Cinema de Santarém

  • 201709111039_cinept_mestrado_em_cinema_260_260
  • PUB