Lúcia e Conceição (1974)

N/C

26 min

Documentário  

Realização:  ·  Fernando Matos Silva  ·  Cinequipa

LÚCIA E CONCEIÇÃO aborda a vida de duas raparigas da aldeia da Maia, nos Açores. Um documento fascinante sobre um Portugal onde ainda não tinha chegado a revolução pois, ao contrário de uma das jovens entrevistadas de outro filme que a Cinequipa fez para a televisão (APANHA DA AZEITONA), Lúcia e Conceição não leram Lenine e não defendem os ideais do PREC.
São imagens produzidas para a RTP a partir de um lugar onde a televisão ainda não tinha chegado.
[Fonte: Cinemateca]
Resumo analítico:
Plantação de Chá; grupo de crianças e jovens apanham chá. 57m22: Entrevista com Lúcia e Conceição, apanhadoras de chá, que dizem trabalhar 8 horas por dia e entregam o dinheiro que ganham aos pais; nos tempos livres lêem "romances de amor", já foram ao cinema mas nunca viram teatro, fizeram a 4ª classe e, gostariam de trabalhar num supermercado na cidade, intercalado com jovens na apanha de chá. 01h08m24: Grupo de jovens trabalhadores regressa do trabalho. 01h08m24: No exterior das instalações da fábrica de chá Gorreana, responsável faz a chamada dos trabalhadores; fachada da fábrica Gorreana; grupo de jovens regressa a casa a pé. 01h10m16: Entrevista à porta de casa com o pai de Conceição, camponês com terras arrendadas, fala da sua vida no campo. 01h12m43: Interior da casa de habitação de Conceição e entrevista com a mãe, doméstica e bordadeira. 01h14m56: Depoimento de Maria do Carmo, que diz que gostaria de emigrar para o Canadá, onde tem familiares. 01h15m58: Entrevista à porta de casa com mãe de Lúcia, doméstica que fala das suas dificuldades de vida. 01h18m45: Aspecto geral de plantação de chá; apanha de chá.
[Fonte: RTP Arquivo]

Mais informações: Website externo

Equipa

Dados Técnicos:
P/B | Mono | 16 mm |

Outras informações:
Faz parte da série da RTP “Ver e Pensar”
Pode ver o documentário no website externo - Arquivo RTP

  • 201709111039_cinept_licenciatura_em_cinema_260_260
  • PUB