A Rosa do Adro (1919)

Produção Rodagem: Mai/Jun 1919

Drama  

Realização:  ·  Georges Pallu

Argumento:  ·  Georges Pallu

Entre Douro e Minho.
Os amores mal pressagiados entre Rosa, uma bela minhota, e Fernando, volúvel mancebo que, no Porto, estudava medicina, passando férias na vila.
Na sombra, a paixão fatídica de um rústico, António, com quem estalará a tragédia...
[Fonte: José de Matos-Cruz, O Cais do Olhar, 1999, p.21]

Mais informações: Website externo

Equipa

Entidades [#4]:
  • Jardim Passos Manuel · Estúdios
  • Palácio de Cristal, Porto · Estúdios
  • Pathé (Paris) · Laboratório de Imagem
  • Carlos Lopes · Distribuição
Exteriores [#2]:
    Jardins do Palácio de Cristal, Porto | Ermesinde |
Estreias [#2]:
  • 1919-07-06 | Sá da Bandeira, Porto | Ante-Estreia
  • 1919-07-16 | Sá da Bandeira, Porto | Estreia
Imagens [#4]:
  • ...

  • ...

  • ...

Dados Técnicos:
P/B | sem som | 35 mm |

Outras informações:
Organização Publicitária: Raul de Caldevilla ("Romance Português - Filme Português - Cenas Portuguesas - Actores Portugueses").
Apenas se conservou a versão com intertítulos em francês, que teve por título LE ROMAN DE LA ROSE; segundo toda a probabilidade, foi o primeiro filme português de ficção com distribuição internacional (Brasil, França).
[Fonte: José de Matos-Cruz]

  • 201709111039_cinept_licenciatura_em_cinema_260_260
  • PUB