Fade into Nothing (2017)

N/C

70 min

Ficção  

Realização:  ·  Pedro Maia

Argumento:  ·  Pedro Maia  ·  Paulo Furtado  ·  Rita Lino

O músico The Legendary Tigerman (Paulo Furtado), a fotógrafa Rita Lino e o realizador Pedro Maia embarcaram numa viagem pelo deserto californiano e o resultado é Fade into Nothing: um filme que é tanto um road movie como um falso diário em super 8mm. Reunindo textos do músico e imagens de um grão luminoso, o filme descreve o trajecto de um homem que não foge nem se esconde, simplesmente se encaminha para o nada, procura ser nada. Durante esta tra- vessia, Paulo Furtado compôs parte do seu novo álbum, que será editado em Setembro. Fade into Nothing é a sua antecâmara cinemática.
[Fonte:IndieLisboa]
The Legendary Tigerman viajou durante 12 dias entre Los Angeles e Death Valley, pelo deserto californiano de Joshua Tree, na companhia da fotógrafa Rita Lino e do realizador Pedro Maia. O material recolhido entre fotografia, filme e Super 8mm, tornou-se num projecto mais abrangente, de onde surge o cine-concerto do road-movie “How To Become Nothing”.
Ao vivo The Legendary Tigerman executa a banda-sonora do filme, enquanto Pedro Maia faz manipulação em tempo real das imagens. “How To Become Nothing” é um falso diário de um homem que, mais do que desaparecer, procura chegar a nada, ser nada e abraçar a vacuidade como forma de encontrar o todo.
Sem contar com a banda sonora tocada ao vivo no decorrer da projecção, a longa-metragem ganha o nome de "Fade Into Nothing".

Videos [#1]:
  • [Trailer]
Equipa

Imagens [#3]:
  • ...

  • ...

Dados Técnicos:
Cor |

Outras informações:
Festivais e Prémios:
# 2017 - IndieLisboa, Competição Nacional

  • 201709111039_cinept_mestrado_em_cinema_260_260
  • PUB