Ama-San (2016)

N/C

103 min

Documentário  

Realização:  ·  Cláudia Varejão

Um mergulho, a luz do sol do meio-dia atravessa a água a pique. O ar que está nos pulmões terá que chegar até que se consiga arrancar o haliote às rochas do fundo do Oceano Pacifico e finalmente subir para respirar outra vez. Sem o auxílio de botija de ar ou outra ferramenta que potencie a capacidade de permanecer debaixo de água, todo o corpo é convocado a atingir o seu limite. Estes mergulhos são dados no Japão há mais de 2000 anos pelas Ama-San, literalmente, mulheres do mar que na cultura japonesa ocupam um lugar especial, sendo reverenciadas e ao mesmo tempo, incompreendidas.
As Ama-San conquistaram o estatuto de colectoras e cuidadoras, questionando não só o papel da mulher na sociedade oriental como a própria natureza feminina. Este filme acompanha o quotidiano de 3 mulheres de idades distintas que há 30 anos mergulham juntas numa pequena vila piscatória da Península de Shima. Rodado entre o silencioso mundo subaquático e a vida rural no exterior, este olhar resulta num retrato único de uma tradição que se anticipa em extinção. A média de idades das mulheres que hoje ainda mergulham situa-se entre os 50 e os 85 anos.

[A dive, the midday sunlight filtering down through the water. The air in her lungs has to last until she can dislodge the abalone from the rocks at the bottom of the Pacific Ocean and finally resurface to breathe again. Without the help of a dive cylinder or any other apparatus to enhance her ability to stay underwater, her whole body is pushed to the limit. Dives like these have been carried out in Japan for over 2000 years by the Ama-San, which literally means - women of the sea. These women, who occupy a special place in Japanese culture, are at the same time revered and misunderstood.
The Ama-San have earned their status as collectors and guardians. What they do, calls into question not only the traditional role of women in oriental society, but also the very nature of femininity itself. This film follows the everyday lives of three women of different ages who, for 30 years, have dived together in the sea around a small fishing village on the Shima peninsular. Shot between the silent, underwater world and rural life on land, this film is a unique portrait of a tradition that is not expected to survive much longer. On the whole, the women who still dive today are between 50 and 85 years old.]

Mais informações: Website externo

Videos [#2]:
  • [Trailer]
  • [Promo]
Equipa

Imagens [#2]:
  • ...

Outras informações:
Festivais e Prémios:
# 2016 - Visions du Réel, Suiça - em Competição Internacional
# 2016 - Karlovy Vary International Film Festival - Menção Especial para Melhor Documentário
# 2016 - DocLisboa, Competição Portuguesa - Grande Prémio

  • 201709111039_cinept_licenciatura_em_cinema_260_260
  • PUB